quarta-feira, 14 de abril de 2010

 

Cartas herdadas de tia Elza- de 1901






VOCE JÁ HERDOU ALGUMAS CARTAS DE 1901?
Minha mãe Maria Alice herdou de sua madrinha Elza.
Vou colocar a carta que encontramos de seu avô Emidio escrevendo para a noiva vovó Alice. Eles são os avós de mamãe, meus bisavós.

Exma Sra D. Alice de Magalhães
Fazenda Oriente, 25 de janeiro de 1901
( Perto da cidade de Alegre no Espirito Santo)
Recebi a sua cartinha que muito me alegrou por saber que a senhora e todos os seus, gozavam de súde e agradecendo a encomenda, pensando nas minhas dificuldades em caminhar.
Mas graças a Divina Providencia fiz uma viagem muito boa e feliz. Encontrando minha mãe e irmãos e todos os parentes passando bem. Somente encontrei a mamãe , incomodada por mim, por ter saído de casa um pouco adoentado e ter marcado a minha chegada no dia 4 do corrente.
Por este motivo é que tive mais pressas do meu regresso.
Escrevi ao Sr. Dr. Franklin e Antero dando minhas noticias.
Eu, mamãe e irmãos visitamos lhes e a Exma Sra. D. Mariquinhas ( mãe da vovò Alice) e filhas.
Aceite pretexto de verdadeira amizade.
Do seu noivo
Emidio Aguiar Paiva
PS- Não respondo as cartas do Capitão Chaves( pai da vovó Alice) por ter certeza de não estar com selo.

VOU COLOCAR TAMBÉM A FOTO DE VOVÓ ALICE JÁ MAIS VELHA.
ESTA FOTO DE VOVÓ FOI TIRADA NO RIO DE JANEIRO.
ELA ERA A MÃE DE MEU AVÔ TONICO( PAI DA MAMÃE)


E NESTA FOTO A FAMILIA DE MINHA BISAVÓ ALICE:
da esquerda para a direita: Dr Lauro, médico, Dr Frankili, médico, Antero, José Tobias apelido de Juca Tobias, Dr Mário Magalhães, médico, Dr, Baracui, juiz de direito, Emidio (PAI DO VOVÔ TONICO),Thiers Botelho, tio Sinhô
Tia Sinhá( Maria José), Candoca, Olga, Yaya Maria Magalhães ( pioneira na educação de Araxá), vovò Mariquinhas( Maria José, mãe da vovó Alice, casada com capitão Chaves) , tia Rosinha, VOVÓ ALICE CASADA COM VOVÔ EMIDIO,tia Silvia, tia Laura ( religiosa irmã Maria Alice) tio Lauro gemêos

E FOI A PARTIR DAÍ QUE HOUVE UMA PREMONIÇÃO. Vovô Emidio e vovó Alice se casaram dia 20 de Abril de 1901 em Oliveira MG
Vovô Emidio quando visitava o Rio de Janeio, com apenas 18 anos de idade, encontrou uma cigana que disse que dali a 50 anos teria sua primeira NETA.
Mamãe Maria Alice nasceu dia 20 de abril de 1931 em Araxá.Foi sua primeira neta.

Vou mostrar amanhã o convite de casamento. Mamãe tem guardado.Para provar a veracidade.

LI TODAS AS CARTAS. SERIA ESPETACULAR SE EU SOUBESSE FAZER DESTAS CARTAS UMA HISTÓRIA LITERÁRIA.
VALEU PARA A POSTERIDADE TEREM GUARDADO POR TANTOS ANOS.

Agradeço a Deus por fazer parte da história destes bisavós que não conheci pessoalmente , mas agora tenho orgulho de ter aprendido um pouco sobre eles , observando o que escreviam para a filha que morava no Espirito Santo enquanto os irmãos e pais em Oliveira MG.
Dá para rir e chorar com as aventuras destes homens e mulheres de um tempo e escrita que não existe mais.

Comentários:
Que lindo amiga, que herança maravilhosa. Eu adoro essas relíquias, também tenho algumas que guardo com todo o carinho. Mas você teve uma idéia genial compartilhando aqui no blog! Parabéns!!Bjsss
 
Mônica!! Que fantástico!! Amei! Adoraria ter cartas assim! Viu, qdo vc quiser comentar nas minhas postagens, é só clicar no balãozinho ao lado do título. Abração, cheio de carinho,

Lùcia
 
Mônica,
Essas preciosidades são para serem guardadas a sete chaves. Que coisa linda......
bj
 
Adorei esta postagem, muito interessante. Aproveitando dê uma olhadinha no blog da Escola Cenecista Dulce Oliveira/Perdões, onde leciono e trabalho com a tia Ilza, que é : dulceoliveiracnec.blogspot.com e veja a comenda que Tia Ilza recebeu.* Quando for comentar sobre mim para a Rosangela, diga a ela que é a mãe da sua ex-aluna Ana Clara , que ela vai saber quem sou eu.Um grande abraço! Analisa
 
Mônica, ao ler esse seu post sobre a carta e as fotos, eu senti a mesma coisa que senti quando minha vó, dias atrás, me contou que o pai dela, meu bisavô, lutou na revolução de 1932. Ela me mostrou uma bala do fuzil que ele usou na revolução. Senti tanta coisa ao ouvir a história e ao tocar naquela bala enorme. Pensando que meu bisavô já tinha tocado nela... e pensando no tanto de história que aquele objeto tem.
Nossa, adoro essas histórias.
Fiquei emocionada com seu post.

Beijo grande!
 
Monica, não consegui identificar o tio Lauro Gemeo. Onde estav ao irmão dele? Ainda bem que guardaram essas cartas e podemos saber a nossa estoria.
 
Que lindeza de postagem Mônica!
bjs.
 
Olá amiga

Passei para dar um beijo de BOA NOITE

Beijocas
 
Que benção ter em mãos essas raridade. Que bom fazer recordação de coisas que nos caras. Principalmente nos dias de hoje que não recebemos mais correpodência assim de próprio punho. eu ainda tenho esse agradável hábito. Gosto de sentir o cheirinho da pessoa que nos enviou, de ver sua letra e sentir sua enrgia passada atraves da escrita.
Guardeas com carinho.
Beijos d bom dia!
 
Que preciosidade. Tocar algo que pertenceu a alguém que há mto já se foi dá uma sensação mto boa e passam mil pensamentos pela cabeça. Parece que estamos adrentando a alma da pessoa e descobrindo algum mistério.
Essa carta é uma jóia rara.
Desejo uma ótima viagem a todas vcs, aproveitem mto e reze mesmo por mim, vou sentir o calor da oração aqui.
Bjs
 
Monica ,daqui uns tempos até nossas cartas vão ser raridade .Ninguem mais escreve cartas ,só e mails que se apagam no tempo porque é dificil alguem imprimi-los .
Eu também gostei muito de ler essas cartas e saber mais um pouco de nossos antepassados e d vida deles .
 
Não consigo comentar no blog da
RÔ- Esta história deve ser propagada até nas escolas E de arrepiar
Fátima- Estou pegando sempre o finalzinho desta novela.
Vou ver se pego o inicio para ouvir esta bela canção.
com carinho Monica
 
Minha amiga que preciosidade!
Que linda fazer parte de uma história assim... 1901, nossa quanto tempo!
E dia 20 é niver da mamãe, né?

Quanto a verificação de palavras, que bom que não existe mais aqui.

beijos
 
Olá amiga

Adoro suas histórias...

Bjo
 
Adorei o post! que coisa linda! Eu tenho fotos antigas guardadas aqui, que são herança de família, mas não cartas.
Bjkas
 
Oi Monica.
Vim conhecer o seu blog e agradecer sua visita.
Gostei muito desta postagem.
Que tesouro vc tem guardado.
Quando minha mãe faleceu herdei fotos e objetos que ela guardou. Entre eles um cartão que minha avó recebeu de uma amiga quando ainda estava noiva de meu avô.Cheguei até a postar algumas fotos antigas no meu blog.
Amanhã continuarei a postar fotos da 4ª Patchwork.
Venha me visitar quando quiser,tá?
Beijos...
 
Nossa! Isso é um relato histórico, que bonito. Fiquei emocionada.
 
Oi Moniquinha!!

Para iluminar:
"Sou grata a Deus por não dizer o que nos acontecerá no futuro.
As vezes seria pesado demais.
Mas saber que o próprio Deus tem em suas mãos, o passado, o presente e o futuro, deveria tranquilizar nossa mente."

beijos e bom fim de semana!
 
Fantástica a sua postagem. Adoro ter contato com coisas antigas, pessoas antigas, dessa época tão maravilhosa. Queria tanto ter vivido tempos atrás. Longe da malícia dos tempos de hoje.
Obrigado por compartilhar essa pérola conosco.

Espero tb um dia conhecer a ti e que você conheça minha namorada. Com certeza já postei alguma foto dela em meu blog. Obrigado pelo carinho.
Beijo
 
Moniquinha. Essa cartinha tem mais de um século! E vcs guardaram com carinho, que coisa linda.
e olha que história linda.

Queria muito te desejar uma feliz viagem! Vc vai ver como vc e sua mamãe vao amar a viagem. Vai ser muito boa, que delícia poder estar em Portugal. Estar em Fátima, receber toda a luz daquele lugar. Eu fico muito feliz com vcs e sei que vcs me levam pra passear junto no coração de vcs.

Deus abençoe muito sua viagem, vai ser de muita luz, paz e diversão. Sua mamãe vai adorar com certeza.

Muito obrigado por tudo, querido anjo que eu acho de amiga! Deus te abençoe muito, muito mesmo, querida amiga Mônica
 
Desejo que seu final de semana seja divino,feliz e glamouroso.Eu continuarei postando durante todo o final de semana.
No post de sábado à noite haverá uma surpresinha para todas as minhas amigas e seguidoras. Estou contando com vc.

Bjo
 
Que bacana, Mônica. Essas cartas são um tesouro! Guarde-as para as próximas gerações!
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]