quarta-feira, 7 de abril de 2010

 

EM UM CANTO DAS MINAS GERAIS ENCONTREI PRECIOSIDADES



Em janeiro fiquei passeando por diversos cantos , no interior das Minas Gerais.
Fui com minhas amigas visitar o padre Aparecido em uma comunidade rural de Cristais.
Que beleza de missa! Aproveitamos para visitar uma senhora que pensava não mais existir.
Dona Maria, tem a mesma idade de mamãe 79 anos.Como os anos para ela passaram depressa! Quanto amor!Quanta doçura! Quanta simplicidade.Quantas rugas!
Encontramos catando lenha e com um pequeno feixe na cabeça, que tirou logo, antes de a fotografarmos.
Os cabelos? Os olhos?A roupa? As unhas?Os sapatos?
Eu estava imaginando que poucas vezes foi á cidade.
Onde estariam seus filhos?
Mas vi e conversando com ela e o marido, percebi que são felizes assim!
Vivem no meio de um mato, em um lugar muito lindo cheio de flores, mas o vizinho mais proximo é logo ali do mineiro.
Ainda cozinham no fogão á lenha e comem o que tem na horta de casa.
Mas a TV existe por lá. A antena parabolica fixada no poste.A eletricidade na casa. A modernidade entrando por este Brasil afora.
Como gostaria de saber fazer poesia para mostrar além das aparencias desta VERDADEIRA senhora da roça.
Espero que saiba que adorei conhece-la.
Espero reencontra-la com saúde e com muito humor.
Ela nos disse que tinha perdido a mãe a poucos dias. Dissemos então que estava no céu. Ela respodeu que não, que estava nos Braços de Cristo.
Gostamos da resposta coerente desta senhora que deve ter aprendido o catecismos com a sua propria mamãe.

Comentários:
Minas e sua gente!
Lindo dimais da conta né.
Mônica,
obrigada pela dica dos livros pra minha filha.
Bjs.
 
Muito obrigada pelo carinho e por suas palavras tão doces, Mônica!
E já que vc gosta tanto, tem mais uma história do Daniel lá no blog... vai conferir!
rsrs

Beijo grande!
 
Mônica, gosto muito desse tipo de lugar, com muito mato, fogão a lenha e etc... exatamente como descreveu, mas, infelizmente, vou pouco para lugares assim, frequento mais o litoral, mas gosto muito, sua postagem me deu uma nostalgia dos tempos que eu ia pra uma chácara em Ribeirão Bonito, interior de São Paulo.
Beijos
 
Que linda senhora! Ela tem a verdadeira beleza,aceitou o que a vida lhe ofereceu e o que o tempo fez com ela. Deve ser mto mais feliz do que 1 milhão de mulheres que vivem nas grandes metropóles passando boa parte do tempo cuidando da estética. Plagiando o rei Roberto: É preciso saber viver!
Beijinhos pra vc e D. Maria Alice
 
Addorei esse post , que fofa esa sua nova amiga .Onde vc a conheceu ??
 
Bom dia querida!

Hoje coloquei meu sinal de luto pelas vítimas de Niterói, São Gonçalo e Rio... essa tempestade se tornou um caos para nosso Estado.

Meu coração sofre com tudo isso, é um tremendo descaso dos governos e o único que parece fazer alguma coisa, é o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o de Niterói só fala besteiras e a de SG sumiu... um absurdo sem fim.

Ore pelas famílias... e obrigada pelo seu carinho.

beijos
 
Uma graça de pessoa!
Que bonita resposta. Nos braços de Cristo, tem lugar melhor para estar?

Ela tem sabedoria, por isso mesmo levando uma vida singela, sabe ser feliz. O nosso mundo é tudo transitório, fenomênico. O que vale é nossa alma, de verdade.

Bjos, lindo post!
 
Mônica
Que história linda da Dona Maria, ela vive onde deixa ela feliz, se algum dia ela for para a cidade morar, não vai ser tão feliz como agora.
Vai ser outro mundo que não é o dela.

Gosto de conhecer pessoas deste jeito simples e feliz.

ah visita meu flicker são algumas fotos q faço.
http://www.flickr.com/photos/caumelo/

Beijinhos
 
Pessoas assim são bençãos de Deus minha querida amiga e você teve o prazer em conhecer essa pessoa tão maravilhosa.
Feliz com suas visitas eu estou em falta, não ando muito disposta, meus filhos voaram todos para seus ninhos e me sinto muito só. Mas vai passar, Deus está sempre comigo.
Fique com Deus e venha sempre por favor!
 
Essa foto é maravilhosa, transmite muita coisa, parece que vemos toda a história dessa pessoa pela foto. Adoro Minas, deve ser ótimo viajar pelas estradas, cidades, montanhas de Minas.
 
Mônica, essa senhora é feliz com o que tem e no lugar onde mora com simplicidade. Para ser feliz não é necessário muitas coisas,não é mesmo? Pena que esquecemos disso as vezes. Uma lição de vida.
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]