quinta-feira, 29 de abril de 2010

 

Outono Blog Coletivo


Falar das estações é comparar com o de tempo. Na minha infância eu sabia exatamente quando era outono, mesmo sem nunca saber o seu significado. Sabia que estava chegando a época de colher muitas frutas que papai trazia para casa.: laranjas, banana, caqui, lima, maçã, goiaba, limão, acerola, pitanga, jabuticaba , mamão. Algumas vinham da Fazenda do vovô, outras papai comprava.E como criança a estação do outono em minha vida era sinônimo de fartura , de saber o que ia acontecer no outro dia, na escola, em casa e eu como as sementes das frutas ia descobrindo aos pouquinhos quem era .
Alguns anos depois na minha adolescência o outono novamente aparecia, as frutas continuavam sendo adquiridas, Mas eu não as apreciava como quando criança. Saboreava mais algumas do que outras. As vezes eu até queria laranja, mas no quintal o que tinha em abundância era pitanga. E eu detestava.E como adolescente uma hora eu queria ir para Belo Horizonte , conhecer novos amigos, outra hora eu queria ficar no meu mundo,em Varginha, com minhas amigas e conhecidas. Não queria que a estação mudasse.
Outro outono aconteceu: já sabia cientificamente o significado de outono. Sobre a diminuição da umidade do ar, além do fato dos dias e das noites terem a mesma duração. No hemisfério norte, uma das características principais da estação é a mudança da coloração das folhagens das árvores, que passam a apresentar tons amarelados e avermelhados. É no outono que ocorrem as grandes colheitas, visto que as frutas já estão bastante maduras e começam a cair no chão. Já conseguia definir o que queria para saborear e até congelava em saquinhos a fruta da época para fazer suco e tomar o ano todo.
E como jovem professora queria ser a professora maluquinha. Amava dar aulas, amava meus aluninhos da pré escola , minhas crianças que um dia seriam algo muito maior que o outono.
Mais o tempo foi passando, o século foi mudando e o outono? Como é mesmo o outono? No Brasil só se come frutas no outono? Claro que não! Posso adquiri-las o ano todo. Posso comprar pela internet, posso cultivar fora de época, depende da agricultura. E a minha vida este outono? Já aposentada, pensando em fazer nada, por enquanto, continuando a sofrer e a lembrar daquelas crianças que hoje já adultas o que aprenderam nestes outonos? E As ARVORES DO OUTONO EM NOVA YORK. São um símbolo internacional do outono No Brasil não existe igual.Mas o outono de nosso coração continua assim: verde ou amarela, ou vermelha para que possamos descobrir sempre que outono é passagem e que ele volta a qualquer momento em nossas vidas!
ESTOU FAZENDO O BLOG COLETIVO SOBRE OUTONO A PEDIDO DO BLOG http://bomruim.blogspot.com/

OBS : ESSE BLOG ERA PARA SER POSTADO AMANHÃ DIA 30

Comentários:
Mônica,

Suas descrições tão ricas em detalhes sempre nos levam a ver e sentir o gosto das suas lembranças.
Parabéns pelo post, ficou ótimo!

Beijo imenso e muito obrigada por participar com a gente!
 
Olá, Mônica

Bom dia carinhoso!

Passando para te agradecer pela participação.

Gostei do seu texto, com muitos detalhes que nos dá asas a imaginação..rs..imaginei todas essas frutas lindas e cheirosas prontinhas para saborear.

Te desejo um maravilhoso dia.

Um abraço carinhoso, um beijo no coração,um outono encantador.
 
Que bonita sua visão poética do outono, Moniquinha... na minha mente parece que passou um filme, relembrando os outonos que vivi.

Lindo post, viu?
Dá um grande bjo na mamãe por mim. E pra vc tb, com mto carinho!
Fica com Deus, minha amiga querida
 
Mônica ,lindo esse post !!!
beijos
Andréa
 
Lindo demais esse post, está mto bem escrito, poético, melancólico e rico, parabéns!
Bjs
 
Que lindas lembranças dos teus outonos... valeu a pena vir aqui e conhecer-te...
Beijos, flores e muitos sorrisos
 
Acredito que antigamente muito se aprendia em casa e desde pequenos pelos próprios pais. Hoje em dia se aprende muito depois dos 25 anos e quando o jovem tem interesse, o que não ocorre sempre. A vida se tornou muito "industrializada", resumida, virtual, é o que quero dizer.

Essa vida que me parece ter sido no campo é o que sonho para mim num futuro não tão distante. Mas não para morar, apenas para lazer em todos os finais de semana.
Beijos
 
Monica querida!
Que post mais lindo!
Adoro teu jeito de escrever e o que escreves!
Obrigada por teu carinho!
Beijos
 
Mônica que lindo!!!! Adorei. Escreva mais coisas deste tipo. Muito poético.
bjs Já estou com saudades.
 
Olá Monica,

Bela sua participação nessa Coletiva.

forte abraço, Alôha,

Hod.
 
Querida Mônica, para mim, o Outono é a estação do céu mais azul, azul turquesa, lindo! Talvez seja a estação mais bonita, mas todas são bonitas, como as estações da vida.

Beijos!
 
Bonitas lembranças em um relato em que a emoção se insinua sutíl.
beijos
 
Hummmm que frutas deliciosas, que cheirinho bom!!!! E que post legal! Amei. Bjs
 
Gostei do texto e bela participação coletiva!!

Um abraço!!
 
Nada como a experiência de quem já vivenciou muitos Outonos, com muitos para passar ainda...

Os tempos mudaram, tudo ficou literalmente de ponta cabeça, mas como bem citado pela amiga, nossos outonos da alma continuam o mesmo!

Parabéns pela participação e inspiração!

Abraços renovados!
 
Olá!!!
que maravilhosa participação,parabéns!fico feliz com esta postagem que une e dá um colorido especial em nossas vidas.Desculpe-me,só pude vir hoje,tb participo desta festa.
Boas energias
Mari
http://sempretensoesamorcontos&causos.blogspot.com/
 
Como olhar para trás nos aquece a alma! Mesmo quando a trajetória é alheia, juntamos daqui e dali lembranças que também poderiam nos pertencer. Parabéns, gostei imenso do seu texto. Quando puder, lhe espero no meu Outono: rumoaescrita.blogspot.com. Beijinhos, Deia
 
Olá Mônica!

Parabéns pelo teu texto e pela abordagem a tão lindo tema.

Oxalá a minha participação te agrade tanto como me agradou a tua...

Sergio (Argentina).
 
Que lindo texto, Monica.
Me senti na sua infância e até consegui sentir o cheiro do mato e das frutas.
Muito bom mesmo.
Um beijo pra você.
 
Oi Mônica,

Belas e gostosas essas suas recordações... Lindos outonos, esses seus...

Beijos,
 
Surgiram uns problemas, por isso ando agora a visitar os blogs das blogagens...hihi

Tal como o tempo, nossas vidas são feitas de estações, belas fases que nós guardamos bem ali no fundo do nosso coração... E que bem que elas ficam, deixando-nos muitas vezes saudade...

Parabéns pela tua blogagem cheia de sentimento, dá uma saudade enorme, bem como prazer ao lê-la!

____
Aproveito para divulgar mais um pouco sobre um projecto que gostaria muito que visitassem,

São várias personagens, com postagens às Quartas-Feiras e aos Sábados, em que cada personagem conta as situações no seu ponto de vista com passados conturbados, cheios de mistérios e muitos podres, a situação piora quando eventos do passado voltam para assombra-las; Memórias, pessoas, crimes passionais e tudo mais.

Tomem em conta de que somos apenas amadoras, escrevemos por amor a camisola e não é nada de muito Espectacular!!
Para puderem visitar,
http://theunforgivensouls.blogspot.com

Eu acredito imenso no sucesso deste projecto, mas claro que sem divulgação ninguém toma conhecimento, por isso resolvi deixarvos um pouco sobre o assunto juntamente com os meus comentários da blogagem colectiva.
E peço desde já desculpa por qualquer incómodo que cause.

Um abraço!
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]