segunda-feira, 23 de agosto de 2010

 

Milagres da vovó Candinha

Nesta casa morou os primeiros donos da Fazenda Cachoeira: vovò Candinha e seu marido
Hoje a Fazenda é dos meus tio: Fernando e Hilda. Nesta foto as netas Sofia e Barbára, tia Hilda, tia Marisa e eu em frente a casa da vovò Candinha
Ela é considerada a santinha da Familia. Seu marido não gostava que ela desse mantimentos e roupas para os pobres e escravos. Ela então vestia diversas saias e ia distribuindo pelas redondezas e escondia os mantimentos para depois na hora que o marido não estivesse distribuir entre os escravos
Mamãe sabe de dois grandes acontecimentos milagrosos.:
O primeiro foi contado pela minha madrinha Zilá, que comprava em uma loja de aviamentos linhas e lãs em Belo Horizonte . Chegando nesta loja ,percebeu os donos muito tristes. Ficou então a par da história, de que perderiam a loja ,se não entreguessem uma quantia valiosa ainda aquele dia.
Madrinha contou sobre vovò Candinha e pediu que rezassem por ela, uma dezena da Ave Maria e que ela também rezaria.
No outro dia bem cedo ,o dono da loja, telefonou para madrinha Zilá contando que uma pessoa que o devia pagou a quantia exata do que estavam devendo.
Ele disse que a familia toda queria ter uma devoção especial por vovó Candinha porque se não fosse ela passariam por grandes dificuldades financeiras.


O segundo acontecimento aconteceu no Rio de Janeiro. Um parente de mamãe que trabalhava num emprego federal, ganhou uma grande quantia em dinheiro e ia depositar em Botafogo. Saiu do Leme no seu "Camanguia", passando pela casa de sua irmã e entregando a ela uma pequena quantia para os pobres que ajudava. No caminho os carros e ônibus davam sinal e ele pensava o que estaria acontecendo?
Chegando no Banco viu que o embrulho com todo o dinheiro estava em cima do carro. Antes de depositar ele telefonou para sua irmã, que era muito devota de vovó Candinha, que lhe daria o dobro de que lhe dera, porque se não fosse a santinha teria perdido todo o dinheiro.

Ela me ajuda muito nas coisas perdidas e encontra o que perco nas minhas gavetas desorganizadas.. Sempre encontro o que estou procurando e o que quero para mim e para minha familia.
Que vovò Candinha, mesmo não sendo santa dos altares promova a paz e a concordia em minha familia e na de todos que aqui dão um alô.

OBS: Assim que meu cunhado me entregar as fotos da praia mostro como é a praia de Salinas no Pará

Comentários:
Bom saber Mônica!
Bjs.
 
Há pessoas asim especiais e é uma honta tê-las por perto nas vidas,não?

E acredito que ela faça os milagrinhos dela,isso pe bom!

Não iria parar de ajudar...beijos,tudo de bom e adorei ler!chica
 
A Chica tem razão.
Como é bom ter momentos inesquecieveis para lembrar..viver.

Muito obrigada pela sua visita.
É com grande carinho que te recebo por lá e também retribuo a sua amizade.
Passo rapidinho para deixar o meu grande abraço. Assim que puder voltarei. Um forte abraço.
Carinhosamente,
Sandra
 
Olá Mônica
Estou realmente sumida, é q fui passar uns dias com meus pais na Bahia.

Irei agora pedi a vovó Candinha nas minhas orações tb.

Beijos com carinho.
 
A vovó Candinha era sua avó ou é modo de dizer?
Acho que vou começar a pedir coisas para a vovó Candinha, posso? Tb sempre perco coisas, sempre preciso de muita ajuda em várias coisas. Como poderia rezar a ela?
 
Acho muito bacana tudo o que vc posta aqui amiga: família, amigos, viagens é uma delicia voltar aqui.

beijooo.
 
Môniquiquinha o encontro das blogueiras foi maravilhoso!! Bom encontrar essas pessoas que já amamos virtualmente e é um sonho abraça-las, sorrir e vê-las que são reais. Não tem preço!!

E tomara que você realize o seu sonho, eu vou torcer!!!

beijos
 
Monica, não sabes da maior!

Esta manhã estava à caça de um documento que precisava importante e nada de achar.

Procurei, revirei, tudo...

Coloquei todos os meus santos em fila e pedi.

Nessa hora lembrei da Vó Candinha e falei pra mim mesma:a Moniquinha vai me emprestar.

Graças à Deus, mais tarde, quando me acalmei, achei! um beijo,tudo de bom,chica
 
Obrigada por sempre estar presente no Farofa, uma pena que não tenha conseguido entrar no sorteio =[

Volte sempre pois adoro seus comentários e sua visita é mto bem vinda viu!!

Ando mto sem tempo de visitar os blogs por conta do último ano da faculdade, só termino no meio do ano que vem, até lá vai ser só correria cain cain!!

Adorei conhecer a história da vovó Candinha, se entendi bem ela é da sua família é isso...bem legal os milagres que ela realizou =]

Tenha um bom restinho de terça e ótima quartaaaaa!
Miquilis
Bru
 
OLA AMIGA!
AGRADEÇO A GENTILEZA DE ESTAR SEMPRE COMIGO. AMO A SUA PRESENÇA. VENHO LHE PEDIR UM PONTINHO NA INTERAÇÃO DE AMIGOS.
http://sandrarandrade7.blogspot.com.
Só que o comentário deverá ser realizado lá na Adeia de Minha Vida conforme o endereço abaixo.
Qualquer duvida é só ir na interação de Amigos e ver o link. Mas deixo aqui também.
Desde já agradeço o seu carinho. Pois gostaria muito de ganhar o livro lá de Portugal. sempre participo das coletivas de lá.
Blog Coletivo-Uma Interação de Amigos- COLETIVAS-COMPARTILHE. TEM -TURISMO RURAL-CONHEÇA UM POUQUINHO DESSE LUGAR ..VOU TE ESPERAR POR LÁ.
CLIQUE E COMENTE...CADA COMENTÁRIO VALE TRÊS PONTOS. MAS TEM QUE SER LÁ NA ALDEIA DE MINHA VIDA.
.http://aldeiadaminhavida.blogspot.com/2010/08/momentos-especiais-em-turismo-rural.html#comment-form
VENHA SABOREAR AS DELICIAS DESSA POSTAGEM. DESCANSE NESTE RECANTO RURAL. SUPER MARAVILHOSO.
Conto com o seu carinho em comentar. Desde já agradeço do fundo do meu coração.
Carinhosamente,
Sandra
 
Oi Monica, é muito bom ler seus relatos,essa coisa de familia,é sempre muito gostoso e confortante,eu que vivo longe da minha,gosto de passar por aqui e ler suas estorias..
bj
 
Porque não seria uma santa? Pelo menos ensejava a fé e a bondade e se cada um fizesse como ela estaríamos no paraíso, literalmente!!
Esperando pelas fotos!! Boa semana! Beijus,
 
Que histórias lindas de devoção à Vovó Candinha e que bom que os problemas são mais facilmente resolvidos quando vocês pedem a ela e rezam por ela. Achei lindo isso, Mônica, obrigada por dividir com a gente.

Quanto ao vírus do meu blog, provavelmente você não teve problemas, já que aconteceu muito de madrugada por menos de 2 horas, mas pra saber se seu computador tem vírus, basta passar o antivirus - há bons antivirus gratuitos na internet. Hoje os computadores já vem com antivirus, mas devem ser atualizados de vez em quando. Veja com amigos que entendam mais pra de vez em quando atualizar pra você. O antivirus sempre avisa quando detecta um vírus no computador e se for um conhecido, ele mesmo o elimina.

Beijos,
Talita.
 
Mônica,
Que história linda.... Existem pessoas realmente especiais.
bjão.
 
Que história linda!
É uma família de heroínas então? rsrrs Mas também, que muler que não é?

um bjão Mônica,
amei o blog, estou seguindo ;)
 
Quanta coisa deliciosa você tem contado por aqui, Mônica.
Os seus posts são verdadeiras aulas de cultura. Fico deslumbrada toda vez que venho te visitar.
Perdão pela minha ausência, mas não tenho tido muito tempo para entrar na net. E menos ainda o Wilson, que viajou pra resolver umas coisas. Então não pense que ele não vem mais te visitar, é que isso só será possível quando ele voltar, o que vai demorar ainda um pouco mais.
Lindas as fotos da sua viagem! E este post sobre a Vovó Candinha me deixou muito emocionada.

E deixa eu te dizer uma coisa... na foto que você tirou ao lado do tumulo do Padre Edir, eu notei a sua bolsa. Que coisa mais lindaaaaaaaaaa! Ameeeeeeiiiiiiii! ahahaha

Beijo grande e cheio de saudade, minha querida.
 
Mônica, acho que vovó Candinha não vai com a minha cara. Ela não acha minhas coisas perdidas. Ou será que perco muito??? Bem, mas ela é uma santinha.
beijos.
Amanha estou indo com o Marcello. Reza ai para que todos fiquem felizes e tudo dê certo. Estou com o coração apertado e não sei pque... Mas vou tentar ficar calma e pensar positivo!!! Vai ser mais uma viagem gostosa. beijos
 
Ela devia ser um espírito iluminado. Alguém que veio com uma missão. E continua a praticar sua missão de onde estiver.

que linda história, ela espalhou muita bondade e amor em vida. Gostei muito, Moniquinha.
bjs e dá um bjo na mamãe
 
Lembrei do curso que eu fiz na Bienal, chamado LIVRO DE FAMÍLIA..Esta história sua é perfeita para um LIVRO DE FAMÍLIA destes....

Adorei !
 
Olá, bom dia!!
Interessante história!!

Abraços
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]