quarta-feira, 10 de outubro de 2012

 

Crianças que sempre seremos

 Contamos para nossas crianças belas histórias. Histórias do passado, do presente. Aqui neste jardim  eu brinquei de pique, de partir queijo e de amarelinha. E hoje conto histórias no coreto para outras crianças.
O jardim modifica, mas a beleza das histórias continuam a ser realidade como a beleza do ipê.
 A Criança brinca  em todo lugar. Na escola, nas praças, nos jardins. Em casa e na rua.
Como eu brinquei na rua! Brinquei com amigas e amigos. Fiz muita amizade na minha infancia. Algumas eternas outras passageiras.Mas todas as minhas brincadeiras posso utiliza-las hoje para brincar  com outras crianças.
 A criança percebe o mundo. Ela percebe as mudanças do tempo e  imagina seus sonhos para o futuro. Eu imaginei tembém e consegui realiza-los. Hoje vendo o horizonte, percebo que meus sonhos ainda continuam.
 A criança gosta de viajar, de ver o mundo, de ser patriota. Basta a gente incentiva-las.
 As estradas levam a muitos lugares, mas o importante é permanecermos com um proposito de que o futuro de nossas juventude depende de como ensinamos  a elas a ver o bem e as virtudes neste mundo.
 A criança cresce observando tudo o que existe em sua volta. Por isso devemos ser verdadeiros e ensina-los a ser honestos. E a  ter cosciência do que é sabedoria e do que é inutilidade na vida de cada dia.
 O ipê com  seus tons diversos mostra que a criança também tem seus dons . E só nós adultos equilibrados podemos  com nossa inteligencia ajuda-los a crescer, a florir e a frutificar os dons que Deus ,deu a cada um .
 Nossa Senhora Aparecida sempre esteve presente na vida dos brasileiros.
Mesmo quando o mundo vivia em preto e branco, as cores do Brasil já  existia ,colorindo, porque Nossa Senhora como padroeira do Brasil  oferece a sua proteção e abençoa as crianças e professoras que aqui vive.
 No passado sempre fomos crianças. Algumas são os anjos das outras crianças, como a criança Lindauva desta foto. Outros são os anjos que com suas profissões de  agricultores, médicos, engenheiros, dentistas, professores levam as outras pessoas um alento nas suas dores.
Felicidade  para a cada um de nós que se torna anjos da guarda de outras pessoas na maneira de ajudar atraves da caridade e do amor.
Esta foto é pura ternura. São os meus tios caçulas que com  afeto me colocava no colo e  cuidava da primeira sobrinha da familia.
Dedico este post aos meus tios paternos e maternos, aos meus ex alunos,  as crianças do Arco e as professoras do Instituto Arco.
A todas que se dedicam a ensinar  o meu parabéns pelo dia do Professor!
As crianças do meu Brasil, assim vovó nos chamava, a minha alegria de estar presente no Instituto Arco e ve-las felizes e alegres!

Comentários:
Moniquinha querida,

Que postagem mais linda, amiga! Fiquei emocionada com suas belas palavras e com o trabalho que faz com estas crianças.
Parabéns por esta bela iniciativa e parabéns pela beleza do texto e de suas comparações tão acertadas.

Bjsssssss,
Leninha

http://leninha-sonhoseencantos.blogspot.com

Já tem Memórias novas lá!
 
Que lindo texto, amiga!
A criança é mesmo assim!Elas sentem mais sabor no viver.

Adorei ver vc bebê, sendo mimada pelo pequenos titios!Uma fofura rs!

Parabens minha querida,pelo lindo post e tambem pelo dia do professor que se aproxima!

Beijos com carinho!


 
Querida amiga,

Meu silencio tem sido longo.

Mas não tem sido por esquecimento, mas sim por conta dos acontecimentos do dia a dia.

Quero muito agradecer a sua presença amiga lá no meu cantinho, a qual trás muita alegria para o meu coração.

Que Deus a abençoe, e realize todos os seus sonhos e projetos.

Uma linda semana para você coberta de muita paz e Amor!

Abraço Amigo

Maria Alice

 
OI MONICA!
DEU PARA PERCEBER O TEU AMOR PELAS CRIANÇAS,DEVES TER MUITO CONTATO COM ELAS.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

 
Que bonito, Mônica* qinquinha...
É tão bom a gente recordar as coisas da infância. Ai! Que saudades me dá de tudo o que eu podia fazer; graças a Deus tive uma infância feliz sem traumas e também brincava muito, havia muitos coleguinhas na rua "a gente se reunia e era só alegria.
Hoje aqui no Rio de Janeiro tenho "medo até de andar pelas ruas do Rio.
Coitadas das crianças! Só no computador!...Na Escola eles brincam...
Gostei das fotos.
beijinhos e que tenhas um excelente feriadão; que Nossa Senhora Aparecida* te proteja .

 
Sabe que tenho uma imagem de Nossa Senhora da Aparecida que trouxe de minha estadia em Fortaleza?

As sua fotos , assim como o texto, me agradaram muito.

Um enorme anraço, maiga
 
Monica tivemos uma infância tão feliz!!! E vc lembrou bem mamae nos chamando para almoçar: crianças do meu. Brasil. Y
 
Ih essa ai de cima sou eu - marila
 
Quinquinha, o texto todo é maravilhoso e as fotos também, mas aquela com você no colo dos seus tios é,simplesmente, MAGNÍFICA! Que preciosidade!

Bom feriado e que você esteja sempre rodeada pela alegria das crianças e com a proteção de Nossa Senhora Aparecida.

Beijos
 
Adorei te ler!E ainda falas que não sabes contar...Muito lindo tudo., belas palavras e fotos! beijos,tudo de bom,chica e que tenhas um abençoado fds!
 
Que linda a sua alegria de primevera na vida, no tempo, e dentro do coração
das crianças, futuro dos futuros.
Lindos esses ipês que não se vêem por aqui.
Agora é tempo de cair a folha e adeus aos dias de sol.
Começam os cinzas...
Beijinhos Mónica
 
Oi, Moniquinha

Ser criança é tão bom, e o melhor ter recordações como essas suas e melhor ainda.

Linda postagem.

Um domingo maravilho para você.
bjs

 
Olá, boa noite!
Também já fui professor.
É pela Escola que teremos melhores e mais bem informada a população.

Saudações poéticas!
 
Oi Moniquinha, obrigada por sua visita e desejo-lhe de todo coração uma abençoada semana, com muito amor e paz! bjus
 
Olá, Moniquinha!
Fiquei encantada e também comovida com tão bela postagem com uma sincera homenagem
a tanta gente merecedora, aí citadas por você: tios, crianças, professores.
Obrigada, pela partilha e homenagem, incluindo-me na categoria professora.

Abraço carinhoso,
da lúcia

 
Monica ... Linda postagem ...


Beijo
 
Olá Monica!

Sempre otimo passar aqui e reler todas as recordações que tantas vezes esquecemos.
Mas será que as crianças de hoje com as novas tenologias pensarão como as de ontem? Nao sei, mas muita coisa se transforma a começar pela ausência prolongada de casa onde só os espera a noite!.
Muitos bjis
 
Como você Mónica, não custa ver a simplicidade das coisas. è só estar atenta e elas falam-nos. Assim são os seus posts com tanta ternura e árvores floridas!
Muito obrigada, muitos beijinhos
 
Very interesting blog! Have a nice week.
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]