segunda-feira, 18 de março de 2013

 

Uma rua em duas épocas diferentes

Rever  fotos antigas é a minha maior diversão.
Outro dia no face, colocaram esta foto da rua onde eu  morava  em Santo Antônio do Amparo.
Uma antiga e outra atual.
Eu fico imaginando!. Como é maravilhoso observar que o tempo passou. As pessoas se foram, ou estão bem velhinhas e as casas continuam ali. Modificadas, coloridas, com postes.
E as ruas? Sem asfalto, com paralelepipedo como eram. Ou então asfaltadas.
Uma cidade pequena, vive sua história hoje.
Mas nunca esquece o passado e as histórias contadas nas belas fotografias antigas.
Uma recordação que nos deixa cheias de saudades!
Ate mais!

Comentários:
É verdade,Moniquinha! Rever faz bem dá saudades, mas é bom! beijos,chica 3e linda semana!
 
também gosto destas comparações, viu?

Incrível com as coisas mudam, embora aqui a rua não tivesse perdido a graça-

Uma excelente semana, minha amiga.


 
Olá, querida amiga Moniquinha
Também sou como vc: gosto demais de fotos antigas e me reportam ao passado feliz (não guardo as que não gosto mais)...
Bjm de paz e bem
 
Olá Mônica,
Quanta diferença! Adoro rever fotos antigas...Saudades de um tempo encantador...
Eu estou divulgando meu blog e minha coluna em uma revista...Se puder, confira!
http://www.hypeonline.com.br/index.php?page=db&secao=36&info=330
www.democratizacaodamoda.blogspot.com
Beijos mil
 
Quinquinha, adorei o seu comentário lá no meu blog, de fato, é preciso que os anjos acampem nas escolas e façam com que as crianças sejam como no nosso tempo, dóceis e interessadas em aprender.
E quanto às fotos antigas, confesso que gostaria de, assim como você, ter muitas para poder recordar dos tempos que já se foram.

Beijos
 
Mônica, é minha paixão também ver fotos antigas! Eu amo! Amei as suas fotos! Grande abraço!
 
Também cultivo o gébero.
Até tenho 2 livros editados (imagens e poemas), sobre essas modificações.
Saudações poéticas!
 
Oi, Moniquinha!!
Hoje li sobre as cidades do vale do paraíba que estão sumindo e que no auge do período cafeeiro eram prósperas. Algumas cidades evoluem e outras involuem. Legal você olhar a sua cidade do passado e ver alegria no presente. Não é o que sinto pela minha cidade natal, no quesito "progresso". Nela, esse ítem desgastou a nostalgia e as casas do passado já não existem mais no presente. Legal que Santo Antonio do Amparo soube preservar.
Por coincidência, o seu post tem uma certa relação com o meu post atual, pois cito um trecho de uma entrevista em que o escritor fala de casas e cidades que permanecem, assim como as palavras, enquanto que as pessoas partem.
Bom Domingo!!
Beijus,
 
Mônicamiga

Cá estou eu! Ressuscitei do pesadelo da depressão bipolar.
Aparece na NOSSA TRAVESSA. Fazes lá falta

Uma Páscoa Feliz

Qjs

H

 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Querida Monica

Eu também amo ver antigos álbuns. Fotos sempre contam lindas historias e a recordação é sempre tao boa!

Senti saudades de te ler e hoje passo para deixar um forte e carinhoso abraço e os votos de que a sua Páscoa seja linda e recheada de coisas boas!


PS:Deixei um recadinho a todos os amigos lá no comentário do bloguito!

Beijos querida
 
Mônica também adoro rever fotografias antigas, é voltarmos a rever o passado.
Um bom domingo de Páscoa.
beijinhos
Maria
 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]





<< Página inicial

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Assinar Postagens [Atom]